*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* PERFIL*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



<

Photobucket - Video and Image Hosting

NOME:Edméa Reina Gallardo de Matos

CIDADE:Lisboa-Queluz

ANIVERSARIO:29.06

SIGNO:Câncer 

GOSTO:Deus;Minha família;Meus amigos;Trabalhar e escrever versos 

FRASE: “Devemos colocar nossa emoção na ponta da língua, e passar para todos que nos cercam, o que se passa em nossos corações”.

By Edméa Reina




*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* LIVRO DE VISITAS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*




Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket




::"Algumas das imagens utilizadas neste Blog e que não mencionam a autoria foram recebidas de amigas ou salvas na própria Internet, sem qualquer informação de restrição ao seu uso. Caso você seja proprietária(o) de alguma ou conheça o autor por favor me comunique através do contato do Blog, para que seja dado os devidos créditos ou para que sejam retiradas se solicitado” ::

::"Algumas das imagens utilizadas neste Blog e que mencionam a autoria foram recebidas de amigas ou salvas na propria Internet, e conservam a originalidade das assinaturas, respeitando o crédito de quem as produziu.” ::

::Fale comigo::



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* MEUS E-BOOKS*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

* CANTO DA POESIA E-BOKS

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* Participo*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*









Este Blog está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Sites do País!!! - Só Sites Premiados -
Os melhores e mais prestigiados Sites do Brasil!

 Links & Sites





VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil


CONFIRA
VEJA BLOG

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Quer conhecer o Brasil?
Entre no IBGE
http://www.ibge.gov.br



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* MINHAS ADOÇOES*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*




Mascote: Nome- Méa

::Data de adoção: 01.06.2007 ::



My Doll: Méa II

::Data de adoção: 01.06.2007::



Membro Efetivo AVBL: Edméa Reina Gallardo de Matos - Cadeira 536
Pagina na AVBL

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* RELOGIO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* CALENDARIO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*





Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* LINKE-ME*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*








*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* MEU AWARD*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* MURAL *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*





*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* MEU NOVO MURAL *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*








contador



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* VITRINE*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*




E-Book Fragmentos

Livro para download em .exe


Livro para visualização em .html


E-Book Amor em Poemas

Livro para download em .exe


Livro para visualização em .html


E-Book SENTIMENTOS DE MIM



*
CANTO DA POESIA E-BOKS

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* AWARDS RECEBIDOS*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*
























<



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* PRÊMIOS RECEBIDOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*






















*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* SOU E FUI DESTAK *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*












*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* PRESENTES RECEBIDOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*














*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* AMIGOS DO CORAÇÃO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* VISITEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*






Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Photobucket - Video and Image Hosting














*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...* LINKS ÚTEIS*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*




::DICIONÁRIO ON-LINE::



::Correção de textos::
Photobucket - Video and Image Hosting




:: LIVROS PARA DOWNLOAD::

Photobucket - Video and Image Hosting
::DOWNLOAD dos melhores e-livros da Internet::

Photobucket - Video and Image Hosting
::Baixe o Acrobat Read::



Photobucket - Video and Image Hosting

::Tradução de textos::
Image Hosted by ImageShack.us

::NOTÍCIAS DO MUNDO::



:: AJUDA DE PESQUISA ::
Image Hosted by ImageShack.us

Crimes na internet? Denuncie







Links

UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis

Votação

Dê uma nota para meu blog



::Indique esse Blog

01/02/2009 a 28/02/2009

01/01/2009 a 31/01/2009

01/10/2008 a 31/10/2008

01/09/2008 a 30/09/2008

01/08/2008 a 31/08/2008

01/07/2008 a 31/07/2008

01/06/2008 a 30/06/2008

01/05/2008 a 31/05/2008

01/03/2008 a 31/03/2008

01/02/2008 a 29/02/2008

01/01/2008 a 31/01/2008

01/12/2007 a 31/12/2007

01/11/2007 a 30/11/2007

01/10/2007 a 31/10/2007

01/09/2007 a 30/09/2007

01/08/2007 a 31/08/2007

01/07/2007 a 31/07/2007

01/06/2007 a 30/06/2007

01/05/2007 a 31/05/2007

Visitas

Créditos






Hoje

Edméa Reina Gallardo

Tantas vozes...
Muitos olhares atentos
Eram ensinamentos sobre a alma cheia
O amor...
A dor...
E me abstraio, levanto vôo, já nada oiço
Apenas o canto dos pássaros
Que me enchem de leveza
Ouvindo o som da natureza
Chego a sentir
Terra
Céu
Num movimento único
O pulsar da vida
Efêmera...
Ainda bem que assim o é
Hoje me lembrei de ti
Quando nem queria
O amor...
A dor...
Não acabam quando queremos

::Postado por Edméa Reina às 09h27
::
:: Enviar esta mensagem



É como te amo

 

Edméa Reina Gallardo

 

Quando te olho

Meu coração desanda a bater

E sem o menor esforço

Meu olhar…

Te acaricia

Te percebe

Te sente

Lá fora ouço a voz do vento…

A gritar o meu amor para o Universo

Os pássaros a cantarem…

Comungam da alegria de Minh’alma

Até os pinheiros dançam ao sabor do vento

Um amor que caminha

Com a alegria

Quanta dádiva Senhor!

Sentir este amor pela luz

Dos olhos teus, todas as noites

E no despertar de cada manhã

Com teu riso, que me encanta

E é tão teu...

 

::Postado por Edméa Reina às 16h30
::
:: Enviar esta mensagem



 

Felicidade

 

Edméa Reina Gallardo

 

Acordar com os pássaros

A cantarem

A correrem de um lado para o outro

Tanta euforia

Penso, quando seu canto chega a Deus

Ele deve sentir um amor imensurável

Pelas coisas que criou

Esses cantadores

Sons que atravessam o arco-íris

 E levam todas as cores

Todos os brilhos

Encantadores de alma

Falam para nós

Os recados de Deus

 

::Postado por Edméa Reina às 16h09
::
:: Enviar esta mensagem



 Sou 

Edméa Reina Gallardo

 

 Vento...

  Chuva...

 Trovão...

Vivo no ar

Deixando meu coração fugir de mim

...Voar

Sentir Deus em mim

Ter a doce dádiva de entender as Estrelas

A lua...

Sentir o sol me aquecer

Ver seu brilho

Resplandecendo em mim

Coração que tantas vezes

Sai de mim

E voa para longe

 Deixa-se levar

Pela brisa do final da tarde

Muitas vezes despertada apenas

Pelo surgimento das Estrelas

Nunca sei

Onde vou...

...Mas sei

Onde quero chegar

O encantamento me impulsiona

Quero ser como sou

Assim foi que aprendi a amar

E a deixar

Minh'alma falar

 

::Postado por Edméa Reina às 12h09
::
:: Enviar esta mensagem



 

 

Primavera

Edméa Reina Gallardo

Acordei muito cedo

Ouvindo doces cantos

E era um reboliço dos grandes

Olhei para o céu

E o sol feliz sonhando ser o maestro

E eram os Melros

Com suas penas negras, contrastando

com seu bico amarelo como o sol

E se põem bem no alto, para cantar

Ser o melhor, o mais belo

Os Canários, com cantos melodiosos

A falarem: também estamos aqui

Pardais, num alvoroço enorme

Com seu bico curto e cónico,

um cantar inimaginável

E os Pintassilgos a superar em melodia

Os Verdilhões, Pintarroxos, tantos, tantos

E vemos os Pintarroxos, com sua plumagem

branca, salpicadas de preto, a cantar, cantar...

Os Toutinegras, com seu bico denteado

A emanar sons...

Chego quase a desfalecer

Pois as Chamarizes, a chamar por todos

E a dizer que a Primavera chegou

As flores a se abrirem em cores

O céu a se iluminar, as árvores...

A espera de serem escolhidas

Para abrigar essa natureza

Que canta...

Como Deus fala conosco.

 

::Postado por Edméa Reina às 13h11
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-busco-te.htm

Busco-te

Edméa Reina Gallardo

No canto dos Melros
Nas cores das flores
E no perfume que elas exalam


 

::Postado por Edméa Reina às 14h25
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-outono.htm

Outono

Edméa Reina Gallardo


Folhas levadas pelo vento
Árvores a hibernar
Beleza sentida pelos poetas

 

::Postado por Edméa Reina às 14h11
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/ciranda-cirandinha.htm

Cantiga de Roda

Edméa Reina Gallardo

Em frente a casa
Cantando e dançando
Brincando com o coração

 

::Postado por Edméa Reina às 13h38
::
:: Enviar esta mensagem



 

 

Fim-de-Semana

Edméa Reina Gallardo

Final de semana…

Tantos planos

Pé na grama, cuidar das flores

Sentir seu perfume, ver tanta beleza

O gosto de cuidar da terra

Senti-la satisfeita e produtiva

Poder observar as macieiras

Os pessegueiros, a figueira

Todos ofertando seus doces frutos

Milagre da natureza

Roubar do parreiral

Uvas doces como o mel

E me fartar de tantos sabores

Sentir a terra

Seus desejos

Próprio da Estação

E em seu redor tantos pássaros

A beijar as flores

Os frutos

Com seus cantos

Viver a alegria da natureza

Dádiva maravilhosa

E ao sentir esta emoção

A alegria,

Este milagre da natureza

Ser grata a um Deus único e maravilhoso

 Senhor da Criação

 

::Postado por Edméa Reina às 13h17
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.crlemberg.com.br/cirandas/05_poramor/05_poramor07.htm

Por Amor

 

Edméa Reina Gallardo

 

Por amor me tornei poeta

E comecei a prestar atenção em tudo a minha volta

Perdi o medo de escrever

O que se passava em minha alma

Aprendi a falar com as estrelas

A suplicar a lua para ela não se ir embora

Pois os raios de sol

Me carregariam para longe

E como é bom voar

Nas asas do pensamento

Tendo as estrelas como companhias

Por amor

Aprendi a dividir minha dor

A saudade

O choro

E em especial

Com a minha Estrela

Que aprendeu a chorar comigo

Orvalhando as flores, as folhas

Reflectindo os primeiros raios de sol

Que por amor

Estava a marcar o dia

Em que por amor chorou

 

 

 

::Postado por Edméa Reina às 13h14
::
:: Enviar esta mensagem



 

ONDE ESTÁ VOCÊ

Edméa Reina Gallardo

Ando a te chamar, mas não respondes

Preciso que leias minhas poesias…poemas

Se acertei na métrica, ou na rima

Mas caminhas agora por outras paragens

Já não tens tempo de cuidar, quiçá ouvir

O falar da poetisa

Enveredastes com tua tristeza

Numa viagem, da qual poucos voltam

Te encantaste com a lua

Reflectida

Na tua tristeza

Encolhestes as mãos

E já não segredas como os poetas

Abafa o teu grito

Até quando?

 

::Postado por Edméa Reina às 12h48
::
:: Enviar esta mensagem



 

É com muita felicidade que comunico minha entrada na

ACADEMIA VIRTUAL

 SALA DOS POETAS E ESCRITORES

Minha página:  http://www.avspe.eti.br/poetas2008/edmea.htm

 

::Postado por Edméa Reina às 14h27
::
:: Enviar esta mensagem



 

Ser Feliz é Preciso

 

Edméa Reina Gallardo

 

Como posso querer mais

Se o amor e a paz que sinto me enchem

E vem de tantas formas...

É uma rosa

Que se abre exuberante

Mostrando a riqueza da natureza

Me fazendo sentir

Parte integrante

O riso doce de uma criança

Sua ternura...

Uma música que embala

Tocando leve como brisa meu coração

Ver as estrelas

Cobrirem o céu

E a piscarem sentindo a minha paz

O leve toque dos anjos

A sussurrarem levemente aos meus sentidos

Que os problemas

São como a brumas

Passam

Mostram.me que nunca estou só

Tenho a eles e a vida

Tantas vezes

Abrem suas asas e abraçam-me

Levando do meu coração tantas saudades

Me fazendo lembrar

Que ser feliz é preciso

 

::Postado por Edméa Reina às 16h51
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/espaco.htm

 

Edméa Reina Gallardo

 

Quantas vezes já voei

Nesse mundo sem fim

Na carona do vento

Tocando com os pés nos seixos

Das águas do Zêzere

Constância... sem me perder de vista

Camões sentado... a rir e a pensar

Lá vai ela pelo espaço sem fim

Vai mesmo molhar também

Seus pés nas águas do Capibaribe

E ver de lá

Todas as pontes

Tão lindas!

A Rua da Aurora de um lado

Rua do Sol do outro

Tanta gente, tantas cores

E como se fosse a dona do tempo

Sem olhar a ampulheta, essa inexorável

Sentir em suas faces

A brisa quente do Recife

Como um beijo

Demorado...

De uma saudade sem fim

 

 

::Postado por Edméa Reina às 14h02
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/retalhos-da-alma-lxxv.htm

Retalhos da Alma LXXV

Edméa Reina Gallardo

 

No meu corpo, m'alma grita

Como pássaros no início do verão

Se não fosse a poesia...

Sobrevereria a tanta saudade?

 

 

::Postado por Edméa Reina às 13h03
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://ecosdapoesia.net/letras/roberto_bergamo/bloco3.html

Os Viajantes


Edméa Reina Gallardo

Estou de volta
Pois não esqueço a minha paixão
O ar de minha terrinha
Do meu chão
Trouxe presentes
Poucos…
Pois muito não ganhei
Venho tão cansado
Mas cheio de esperança
Com o peito carregado de vontade
de não mais sair do meu quinhão
Tenho tanto para contar
Andei por tantas estradas
Carregado sempre de tantas esperanças
Lavrei tantas terras
Venho tão cansado
Tão só
Vou esperar a noite chegar
E ver os vaga lumes clarear meu coração
Ouvir o violeiro
Em noite de luar
A consolar meu coração
Esquecer
As estradas que o mundo tem
Das noites frias
E de tanta solidão

::Postado por Edméa Reina às 14h25
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/retalhos-da-alma-lxx.htm

Retalhos da Alma LXX

 

Edméa Reina Gallardo

 

Retalhos que teimam em doer em minh' alma

Pela saudade de um tempo…

Onde só ia dormir, depois de ter visto

Se meus três anjos estavam bem

 

 

::Postado por Edméa Reina às 13h23
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-so-amor.htm

Nem chuva, nem ventania

Me faz esquecer

O calor e o sabor dos teus beijos

 

::Postado por Edméa Reina às 11h48
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/retalhos

Palco do Coração

Edméa Reina Gallardo

Na imaturidade...As escolhas...

Mas são dores do passado

E esse coração, sem sossegar

Continua a ver estrelas a piscar

Segue amando, segurando o grande

Presente de paz e felicidade

::Postado por Edméa Reina às 06h39
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-ser-ou-nao-ser.htm

Ser ou não ser

Edméa Reina Gallardo

Ser poeta, falar do mundo, é dádiva

O fazer olhar diferente, é divino

Ensinar poesia é amor

::Postado por Edméa Reina às 14h37
::
:: Enviar esta mensagem



http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-universo.htm

Universo

Edméa Reina Gallardo

Caminho que me leva para o sonho

Tantas coisas me oferece

Muito além do que mereço

 

::Postado por Edméa Reina às 14h28
::
:: Enviar esta mensagem



 

Ganhei

Edméa Reina Gallardo

Ganhei horas
E tantas saudades...
Do acordar com o canto dos Melros
...Do Jardim, sem mim
Das flores da ameixeira branquinhas
A se mostrarem para mim
E o pessegueiro não querendo,
ficar atrás, a mostrar escandalosamente
Suas flores na cor rosa
O meu mundo ficando para trás
Tanto céu
Tanto mar
E eu sem esquecer um sorriso lindo
O riso do meu amor
Cada vez mais longe
Mas tão dentro do meu coração
E nem ainda cheguei, já conto as horas
Me custa sossegar um coração
Que só quer o seu amor

::Postado por Edméa Reina às 13h53
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.crlemberg.com/pascoa/paspoesia/2008_030edmea.htm

 Páscoa

Edméa Reina Gallardo

Simboliza alegria, amor e segurança
Dia alegre
O amor paira nas famílias
Tantos reboliços e alvoroços
É a alegria no ar
É um almoço diferente
Vinho, pão
Tantos simbolismos
Depois de mais de dois milênios
A fé que perdura
A vinda de Deus como homem
Viveu como humano
Foi bebê, criança
Adolêscente
Foi homem
Amou com um amor universal
Deu ânimo
E a certeza que voltaria
Amor incondicional
Ensinou todos os segredos
Se com a fé queremos
Com a fé alcançamos
A alegria de Deus
Se faz sentir
Quando pedimos a Ele
Em nome de seu filho
E essa alegria deixa minha alma
Com muitas vontades
De cantar
De dançar
De gritar
Numa felicidade inigualável
É a Páscoa no meu coração

 

::Postado por Edméa Reina às 12h38
::
:: Enviar esta mensagem



 

Poesia feita para o Grupo Ecos Portugal-Brasil que enviou para UNESCO

em comemoração do Dia Internacional da Poesia

AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO

Edméa Reina Gallardo

Amar é dom supremo
Amar é
Cuidar
 Se preocupar
Ser decente
Livre de leviandade
Justo, não suporta a injustiça
A verdade
Sempre limpa e cristalina
Não busca interesses
Passa longe da
Inveja
Da soberba
Se eu estou preparado para
Tudo suportar, acreditar
Nunca me irritar
E nunca suspeitar
Eu tenho o amor em mim
E se tenho o amor em mim
Jamais folgo com acontecimentos ou
Coisas que não as queriam para mim
Se trato meu próximo com amor...
A recíproca nunca é inversa
De damos
Recebemos na mesma medida
E em muitas vezes
Invariavelmente
Recebemos muito mais.

 

::Postado por Edméa Reina às 11h53
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/em-algum-lugar.htm

Em algum Lugar

Edméa Reina Gallardo

Foi ainda ontem
Que o tive em minha volta
Com sua infantilidade própria
Sua forma de falar
Com seus sonhos...
Eram tão puros, tão lindos
E eu, como uma arqueira
Com o olhar sempre adiante
E assim ...
Tanta coisa se perdeu
A saudade é tão grande
Olho hoje...
Meu filho, homem feito
Tão responsável
Tão sensível
Dou voltas, e o lembro pequenino
Daria minha vida
Para viver novamente
Em algum lugar
Tudo novamente

 

::Postado por Edméa Reina às 13h29
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/partido-coracao.htm

 

Partido coração

Edméa Reina Gallardo

Minha Lolí linda
Como penso em você, minha ternura
Vejo sua carinha alegre
Olhos que tanto falam
Falam de confiança
Amor e segurança
Tantas madrugadas
E eu a pensar em ti
A saudade é tamanha
E converso com minha estrela
Será que ela pensa em mim?
Será que sofre como eu?
Será que também tem seu coração partido?
Minha estrela se cala
E eu choro baixinho
E nos primeiros raios de sol
Meu pensamento voa
Passa por águas tão azuis
Nuvens com muitos desenhos
Carrego cantos de muitos pássaros
E quando volto
Sinto que nós temos uma a outra
Dentro de nós
E me sinto
Mais apaziguada com o mundo

 

::Postado por Edméa Reina às 14h58
::
:: Enviar esta mensagem



 

Amar ao Próximo Como a Si Mesmo

Edméa Reina Gallardo

Amar é o verbo, ensinado por Deus
Ele se fez homem,veio como humano
Sofreu dores, pelos pecados meus
Ensinou, sendo espelho e foi decano

Amar é confiar,crer e compreender
Esperar sempre o melhor, acreditar
Ter o coração voltado para entender
Procurar sentir,ver o outro e amar

Como ser feliz de forma estonteante
Se meu coração...esse coração da gente
Sente e pressente, tantas dores...

E depois...mesmo vendo dores tamanhas,
Meu sofrer outra vez em minhas entranhas
Permitem que sinta também dores e flores

 

::Postado por Edméa Reina às 12h36
::
:: Enviar esta mensagem



 

Ciranda NA MADRUGADA, poetiza NaidaTerra

Na Madrugada

Edméa Reina Gallardo

Acordo com o canto dos Melros
Cantam amor, cantam alegrias
É voz de Deus em dias claros
A nos doar feliz, tudo que cria

 

::Postado por Edméa Reina às 08h19
::
:: Enviar esta mensagem



 

Mulher

Edméa Reina Gallardo

Como confundir fragilidade com
Cheiro de rosas
Delicadeza dos gestos
Vaidade
Sempre a procura da beleza
Como se já não fosse bela
Beleza simples
Jeitos especiais e únicos
Olhos apaixonados pela vida
Tantos olhares
Faceiros, meigos,surpresos
 No Ganhar...
...Perder
As alegrias do ser
Mãe,amiga, amante
A dor
Inerente da vida
E no desempenho de inúmeros papéis
O saber viver
Como guerreira
Mulher...
Criada por Deus
Para derramar na humanidade
Sensibilidade e emoção
Risos e lágrimas
Despir a alma sem pudores
Revelar seu interior
Mesmo que seja pela poesia

 

::Postado por Edméa Reina às 12h05
::
:: Enviar esta mensagem



 

Beija-Flor

Edméa Reina Gallardo

Com teu bailado mágico de muitas cores
Beijas suavemente...saciando tua fome
Muito levas mas deixas teu beijo de amor

 

::Postado por Edméa Reina às 07h20
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/em-algum-lugar-do-passado.htm

Um Algum Lugar no Passado

Edméa Reina Gallardo

Caminho nas horas, lentamente
E divagando lembro...
Tantos pormenores
A magia a nos rodear
Sonhos, tantos sonhos...
Mas o reverso aparece
Não exergamos a lógica
Embarcamos
Atendendo ao coração
E caminhamos
Mas as recordações...
Nos perseguem...
Não nos deixam
E em algum lugar no passado
Parte de nós ficou
A nossa melhor parte
Talvez a parte que mais gostávamos
Deve mesmo ser o pedacinho do tempo
Muito necessário...para a alma
Nem sei...
E vagarosamente passam as horas
Divagando, e sentindo essa saudade
Que não larga o meu coração

 

::Postado por Edméa Reina às 12h54
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/versos

Verso e Reverso

Edméa Reina Gallardo


A vida não se entenderia sem a contradição
Só percebemos a beleza das flores...
Quando elas também recolhem-se
Só percebemos as estrelas...
Quando a tristeza nos visita
Somos poetas, porque precisamos gritar
... nossos versos, os reversos não aceites

htt://vidaemversoepoemas.zip.net

 

::Postado por Edméa Reina às 07h32
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/retalhos-da-alma-lxx.htm

Retalhos da Alma LXXII

 

Nos braços da poesia, minha mais valia

Meu choro de saudade

Minha embriaguês pela beleza do mundo

Meu sentimento mais profundo por Deus

Compartilhando, repartindo…

 

 

::Postado por Edméa Reina às 16h50
::
:: Enviar esta mensagem



 

 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/ciranda-flores.htm

O Jardim no Atlântico

 

Edméa Reina Gallardo

 

O beijo de Deus, a marca divina,

formando a Madeira

 

Quanta flores, muitas cores…

Tantas Estrelícias, vermelhas, amarelas

…As Ixias e Frésias coloridas,

e quase sem querer, nossos olhos…

Pousam nas Eferberas multicoloridas

 

O beijo de Deus, a marca divina

formando a Madeira

 

E neste Jardim em pleno Atlântico,

em forma de beijo, exibem-se,

despudoradas, as lindas Semillas,

com todas as cores do arco-íris

… Os Torrões de Açúcar, de tão brancas

assustam com beijos os tímidos cravos

de cores exuberantes.

 

O beijo de Deus, a marca divina,

formando a Madeira

 

Cercada de águas por todos os lados,

Em terra divina, surgem as Orquídeas,

Amarelas como o sol e a lua…

Verdes como o mar, brancas, rosas, vermelhas

…Deixando-nos extasiados diante de tanta beleza

e a enorme fé, num Jardineiro que sabe beijar

 

O beijo de Deus, a marca divina,

formando a Madeira

 

 

 

::Postado por Edméa Reina às 16h41
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-estrela-candysaad.htm

Estrela

Edméa Reina Gallardo

Olha-me e ouve-me…

e muitas vezes chora,

orvalhando minha manhã.

::Postado por Edméa Reina às 14h18
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-amar-e.htm

Amar é…

Edméa Reina Gallardo

…acordar e ver teus olhos ternos,

amanhecer envolvida em teu abraço,

…sentir tua alma sempre a me querer

 

::Postado por Edméa Reina às 13h41
::
:: Enviar esta mensagem



 

Partido Coração

Edméa Reina Gallardo

Olhar as rosas, sentir seu perfume

Não ousava mais…

Sonhava com um jardim

Rosas de todas as cores e muitos perfumes

Sonho de Jardineiro

Ao ouvir notícias de vendavais

Corria para todas elas

A procura de esquecer uma vida

Sem esperança

Tinha o seu coração partido

Se abria para elas, e deixava tanto dele…

Fazia elas se descobrirem

E não sabia como responder

...a dádiva do doar

E era exactamente na Primavera

Na festa de muitas cores e muitos sons

Onde a vida começa a mostrar-se linda

Surgia sempre uma rosa diferente

A seus olhos…

…e tudo recomeçava

Muitas rosas para sobreviverem

Se encantavam mais com as borboletas

Olhavam muito mais para os pássaros…

Esquecer…

 

::Postado por Edméa Reina às 08h42
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-sozinha.htm

08
SOZINHA

Onde está você?
Será que lembra de mim?
Eu não o esqueço, estou tão sozinha...

Edméa Reina Gallardo


::Postado por Edméa Reina às 14h08
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-se-nossos-sonhos.htm

13
Se nossos sonhos...

Se não foram realizados
Foi culpa das horas
Caminharam muito rápidas para mim

Edméa Reina Gallardo


::Postado por Edméa Reina às 14h03
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix

16
Procura

Corri o mundo, como corri
A procura da felicidade
Mas ela estava dentro de mim

Edméa Reina Gallardo

 

::Postado por Edméa Reina às 13h53
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-sonhos.htm

28
SONHOS

Você apareceu como sonho
Adentrou-se em meu coração
Para nunca mais sair...

Edméa Reina Gallardo

::Postado por Edméa Reina às 13h46
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-magoa.htm

13
Mágoa

Não me tiveste como uma rosa única
Fostes um jardineiro tão desajeitado
Descuidaste-te de mim...

Edméa Reina Gallardo


::Postado por Edméa Reina às 13h36
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/poetrix-adeus.htm

 

27 ADEUS

Edméa Reina Gasllardo

A dor do adeus
Afoga a alma em tristezas
Ai, dói demais...

::Postado por Edméa Reina às 13h27
::
:: Enviar esta mensagem



 

Passarada

Edméa Reina Gallardo

Eles estão em todos os lados

Estão em volta dos pinheiros bravos e mansos

Fazem o barulho da felicidade

E correm pelas laranjeiras

Mas sentem

Que a Primavera ainda não chegou

A Ameixeira, a macieira, a figueira e a vinha...

Teimam em dormir

Esperar é preciso

Mas eles tem pressa

Querem seus ninhos em galhos fortes

Entre folhagem tenra

Uma felicidade que só entende

Quem a sente

Estão a namorar

Esmeram-se em seus cantos

Mostram toda a sua meiguice

Todo o seu cuidado com o par escolhido

Mostrando um universo simples

Onde o amor…

Respira-se

  

::Postado por Edméa Reina às 09h35
::
:: Enviar esta mensagem



 

 

O Tempo

Edméa Reina Gallardo

O vento canta alto, balança a folhagem

Grita! E parece estar a procurar

Como eu, por ti

Nem sei se pensas em mim

Ai! Como penso…

Mas cada pedacinho de sonho

Construído com magia

Nunca foi realizado

Onde foi que descuidamos…

Estamos agora tão separados

Estás no Douro

Eu no Tejo

E como eles, só se encontram

No mar…

E o vento, em sua carreira

Não me ouve

Pois poderia soprar em teus ouvidos

Coisas minhas

Notícias do meu amor

  

::Postado por Edméa Reina às 18h33
::
:: Enviar esta mensagem



 

 

::Postado por Edméa Reina às 13h56
::
:: Enviar esta mensagem



 

Parece

 

Edméa Reina Gallardo

 

Um canto dos pássaros intensos

Começam a se confundir

E pensam que a Primavera chegou

Em pleno Inverno…

O sol reaparece para colorir a vida

Tantos dias, um após o outro

Parecia que não acabavam

Com tantas chuvas,

Com tantos nevoeiros

Fazia o nosso olhar enxergar a tristeza

O frio, era tão intenso

Eram dias cinzentos, escuros

Mas o sol exuberante

Com seus raios de luz e calor

Chega para mudar tudo

E, abrimos a casa,

Queremos que este sol penetre

Em tudo que ficou úmido

Mas não se confundem as figueiras,

Ameixeiras, as vinhas…

Continuam a hibernar

A ilusão nos ajudar a sobreviver

Nem que seja por fugaz momentos

Na expectativa da vinda da Primavera

Onde tudo renasce, toma cor

É brilho e alegria

 

::Postado por Edméa Reina às 17h09
::
:: Enviar esta mensagem



 

AS LETRAS DA PINTURA duas artes que se contemplam e complementam

Pintura do Celito Medeiros sobre o retrato de   Fernando Pessoa e os 120 anos do seu nascimento

Nelim Monti - Organizadora

Victor Jerónimo - Administrador

http://ecosdapoesia.net

 

 

Fernando Pessoa

 

Edméa Reina Gallardo

 

Nasce em Lisboa um menino buscador.

Navegou como ninguém, e tinha ideias,

Escreveu com alma, e morreu com dor,

Por não ter feito mais, quanta agonia!

 

Ele Buscou na metafísica, em Pessoa,

Aprendeu muito enquanto esteve fora.

E não esquecia, meiguice que ressoa,

E voltou para beijar, sua Lisboa.

 

Nunca escondeu, profundas saudades,

Que sentia do seu mundo, a meninice,

Voltou, mas passou muitas ansiedades.

 

Escondeu-se, sob muitos heterónimos.

 Ai!  Todos eles com alma própria!

Mostrando talento como muitos anónimos

 

::Postado por Edméa Reina às 09h38
::
:: Enviar esta mensagem



 

 

Carnaval

Edméa Reina Gallardo

Vou me esconder

Colocar uma máscara,

E sair a brincar nessa quimera fugaz

Vou subir e descer as ladeiras de Olinda

Subir com elefantes

Descer com Pitombeiras.

Sentir o arrepio dos clarins do Frevo

Ficar com o sol na cara

Ao sabor do ritmo do Maracatu

Sentir o calor do descompromisso…

Jogar serpentinas

Sentir os confetes de todas as cores

A colar em minhas faces

Suadas de tanto pular

Esquecer a solidão…

Correr para o Recife Antigo

Procurar

Toureiros, As Paz, Bolas de Ouro, os Lenhadores

E os Batutas de São José

Em seus desfiles maravilhosos

Cantar com o Bloco da Saudade

Marchas que marcaram gerações

Nunca esquecidas

Caminhar nas horas sem as perceber

Sentir a alegria penetrar em meus poros

Não perceber o rigor das normas

Que esta vida me impõe

 

::Postado por Edméa Reina às 14h56
::
:: Enviar esta mensagem



 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/sentir-voce.htm

Ciranda SENTIR VOCÊ, da poetiza Naidaterra

Sentir Você

 

Edméa Reina Gallardo

 

Caminhar por longo tempo

Sem por amor esperar

E quase como uma brincadeira

Você aparece

Do nada

E ficamos como duas crianças

A descobrir coisas um do outro

Mas o seu olhar…

A sua voz…

Me fez sentir você

Era a magia a tomar conta de mim

E foi assim

Que o amor chegou

Para nunca mais

 Sair do meu coração

 

::Postado por Edméa Reina às 15h14
::
:: Enviar esta mensagem